TURNOS DE PALAVRA
Os turnos de palavra correspondem às intervenções dos participantes na
interação e pressupõem algum grau de interdependência interlocutiva. Há
debates em que os turnos de palavra são espontâneos e sem grande
regulação quanto ao tempo e à definição dos momentos para intervir,
havendo outros que são fortemente regulados, normativizados e
controlados. Em lugares institucionais, como os tribunais, os turnos de
palavra estão sujeitos a formas protocolares controladas pelo juiz. Num
debate televisivo esse controlo é geralmente assumido pelo jornalista que
modera o debate.


Rui Alexandre Grácio
 
VocAbulário
 
© Rui GrÁcio 2015